Contos de Prata – Ele e Ela, uma história proibida

“Ela queria-o, gostava dele como de chocolate, derretia-se com a voz rouca, de caramelo, perdia-se no olhar dominador que só transmitia meiguice.

Ele achava-lhe piada, mas não o queria assumir, nem mesmo perante os seus próprios olhos meigos, dominadores. Tinha medo e o medo é uma bruxa má, vestida de preto, cabelo desgrenhado e verruga na ponta do nariz.

Ela sabia-o…e era um saber que gritava amor, pulava no peito e fazia-a viver – era com estas contracções de amor que ela respirava, que ela falava, que ela andava.

Ele, enfeitiçado pela bruxa má, não cria nestes espasmos, não se achava digno deles sequer, considerava-os capricho, capricho de menina. Menina que ela era; eles, os caprichos, é que não eram…”

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s